GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…

GandaM@lhos nos Trilhos do Geres

1 Comentário

Infelizmente uma vez mais o relato de uma participação começa por relatar uma queda com consequências de alguma gravidade para um Gandam@lho, desta feita foi o  Montinium. Aquele abraço ao Montinium “voador” e desejo as rápidas melhoras e completa recuperação.

DSC00326O passeio em si veio a revelar-se como o mais espectacular que fiz na nossa curta carreira.

O percurso é absolutamente fantastico, apimentado que foi pela chuva e pela lama, cozinhado com uma subida inicial de 14 ou 15 kms, a Geira romana, com as suas pedras e  riachos, umas descidas alucinantes, as paisagens que mesmo com o nevoeiro e chuva  eram de cortar a respiração, como se não bastasse a dureza do percurso.

Uns camaradas do pedal na Geira...

Uns camaradas do pedal na Geira...

O desenrolar do passeio foi algo lento, pois desta vez fui eu a âncora, as pernas estavam em dia não, e aquela parte inicial de 5 KMs sempre a subir rebentaram logo comigo. Tal facto “obrigava” a que o Tubaralhas e o Montimium andassem mais devagar para esperar por mim.

O Tubaralhas estava com a “corda toda” e subia, voltava atras, subia outra vez… enfim estava a armar-se com o seu “canhão chiante 😉 ” O Montinium estava fixe, embora me confessasse depois que também estava a acusar a fadiga resultante daquelas subidas infernais antes do reforço.

Assistencia tecnica...

Assistencia tecnica...

Uma vez aqui, e repostas as energias com o lanche muito fixe que nos foi dado, lá seguimos a pensar nas descidas que nos levariam até ao final, até que o Tubaralhas começou a sentir problemas nos travões. Decidimos parar para mudar calços e lá seguimos rapidinhos, até que num estradão a descer bastante, o montinium perdeu o controlo da bike, bateu num calhau e saiu disparado por cima da bike a +/- 40 Kmh. Arrepiante.

Alertamos a organização, bombeiros, e seguimos. Eu devo dizer que estava muito afectado psicologicamente por causa da queda do Montinium, e só me lembrava dos acidentes que tinha visto em provas anteriores, do Brocas, de Vila Flor, de Barcelos, enfim… lá segui atras do Tubaralhas até que este maluco também se esfregou com algum aparato, mas com menos velocidade e sem gravidade.

Depois certinhos até ao fim, e apesar de tudo digo que foram os melhores trilhos em que andei até hoje, absolutamente técnicos, difíceis, até cansa dizer só bem… Temos que voltar lá com sol para um passeio de GandaM@lhos com pessoal de lá como os Cister Monges BTT. Acho que eles nos aturam um dia destes…

Algumas fotos:

Advertisements

Autor: ZeNiGhT

Equipe BTT

One thought on “GandaM@lhos nos Trilhos do Geres

  1. Io pessoal…
    Keria agradecer a vossa presença no nosso evento em nome da ADRCChorense e deixar-vos um onvite para uns asseios pelos nossos trilhos (sem espalhos) pra poder desfrutar de outras paisagens igualmente magnificas o k convinha estar um dia de sol.
    As rapidas melhoras para o vosso elemento k se lesionou.
    ( Não evdenciem demais o vosso nome, pois por vezes trás lesões… lol )
    Aparecam, é só combinar.
    Um abraço a todos…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s