GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…

Dureza MÁXIMA nas Terras do Vez!

2 comentários

Foi a  “solo” que o atleta ZeNighT representou os GandaM@lhos na 3.ª Castanhada organizada pelo clube de BTT Terras do Vez, em Arcos de Valdevez.

Tratando-se de um passeio sem qualquer vertente competitiva, e anunciando-se com uma altimetria de meter respeito, (1700 m ) numa zona ainda desconhecida para os GandaM@lhos, parecia o cenário ideal para um treino robusto.

E se assim se previa, em dobro se veio a verificar!

A malta do BTT Terras do Vez seleccionou um percurso que se revelou de dificuldade extrema, quer a nível físico, quer ao nível técnico. De facto com uma subida quase ininterrupta até aos 860 metros de altitude, com 28 Kms, até à cruz vermelha, que nem vi…., e que nos levou a uns “simples” 1300 metros de acumulado nesta altura, registados no NSPORTS…

Subindo...

Depois aquele SINGLE que se seguiu… Bem… esse fica para recordar por muitos anos… como certamente o mais desafiante que já fiz em cima de uma bike. Apenas um fio de terra do qual não se podia fugir um centímetro que fosse, pois aquelas folhas não perdoavam o mínimo erro… tudo isto com um declive brutal, só mesmo passando por lá!

Floresta encantada

Continuando-se a descer ora por “singles” onde só cabia a roda, e que serpenteavam aqueles montes forrados de uma floresta encantada com a folhagem das árvores a criar um atrito brutal, ora por caminhos completamente rebentados pelas enxurradas do passado dia 3 de Outubro, faziam com que a concentração tivesse que ser máxima.

Num segundo de distracção, tempo ainda para um gandam@lho daqueles que deixam medalhas… no caso um  corte no joelho, sem gravidade, mais uma série de picos nos braços. Realmente os picos também aqui eram particularmente picantes…

Sobe... e sobe... e continua a subir....

E após estes momentos de adrenalina, que duraram pouco… toca a subir outra vez por volta do km 40 até ao 46, tendo sido aqui que se gastaram os restantes 400 metros de acumulado de subida que faltavam…e aqui já com chuva um pouco mais intensa, o que não ajudou nada.

Restava então levar a bike, que uma vez mais se mostrou impecável, até ao final, registar 53 Kms de pura aventura, 1700 metros de acumulado de subida, realizados em 4 h 36m, e um empeno monumental.

A organização do Terras do Vez esteve absolutamente impecável em todos os aspectos, podendo aqui apenas fazer um ligeiro reparo na sinalização, que em certos sítios podia ser mais eficaz. Reparo muito positivo o almoço, servido num restaurante onde não faltava nada, podendo-se repetir tudo.

Ah! … E podiam fazer uma placa com os dizeres: ” Descidas perigosas na TOTALIDADE do percurso” 😉

Uma prova a colocar no calendário, pois o seu grau de dificuldade torna-se num desafio a repetir.

FUI!

Anúncios

Autor: ZeNiGhT

Equipe BTT

2 thoughts on “Dureza MÁXIMA nas Terras do Vez!

  1. há duro
    assim esta bem

  2. Pingback: GO120 – Epicamente Insano! « GandaM@lhos BTT Team

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s