GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…

Reentré de Outono em Barcelos…

Deixe um comentário

Finalmente, e após prolongada ausência, voltaram os GandaM@lhos ao mato para uma participação na Maratona dos 5 Cumes, em Barcelos, organizada pelos Amigos da Montanha.
No meu caso particular, já vou pelo 3.º ano consecutivo aos 5 Cumes, e continuo a gostar muito dos trilhos de Barcelos.
São trilhos 100% clicáveis, rápidos, que percorrem sítios bonitos, e que são garantia de divertimento.
Este ano, terá sido batido o record de participantes à partida, pois ao pelotão de cerca de 600 atletas inscritos na taça de Portugal, juntaram-se pelo menos mais 2500 atletas na categoria de Promoção.

A festa das bikes em Barcelos…

E 3000 atletas nos trilhos, trazem sempre consigo o risco de engarrafamentos, e algumas falhas na logística, tipo o local do 1.º abastecimento que pareceu muito “estreito” para tanta gente, e os balneários do estádio, que são manifestamente pequenos para tanto pessoal.
Mas o que me fica de mais negativo desta 3.ª participação é a falta de civismo de um crescente numero de atletas que lutam por um lugar nos 2500 primeiros como se do pódio se tratasse…
Está a perder-se o hábito de avisar os riders mais lentos da direcção por onde se quer passar… o belo do “Esquerda!!!!” ou “Direita!!!” e o “Obrigado”… o que leva a situações arrepiantes de assistir, algumas com consequências físicas.
E muito positivo é o facto de que há cada vez mais iniciantes na modalidade, e que conferem um colorido único aos “5 Cumes”.

A participação dos GandaM@lhos foi muito positiva, sem quedas, avarias ou outras situações menos agradáveis, mas muito cansativa, pois as pernas dos atletas ainda estão em modo recuperação.

Três atletas inscritos, o Indiana Sugar, já refeito de um M@lho muito feio que deu em treinos, o Montinium, moralizado, mas quase sem treino, e o Zenight igualmente sem andar desde Julho e a atravessar uma fase em que a motivação está pela rua da amargura.
A história da maratona é simples.
Controlamos na partida por volta dos 500 betetistas, o que nos deu uma situação “algo” favorável no gigantesco pelotão à partida.

Tiro de meta, e seguia-se a bom ritmo pela subida inicial de 6 km até que o Indiana Sugar simular um ataque, que mereceu pronta resposta do zenight…

Upa…

Aproveitando a embalagem, iniciou o zenight uma fuga com bom ritmo até cerca de 3 kms da meta, altura em que andava mais devagar do que se a pé tivesse que ir…
O Indiana Sugar não teve poder de resposta, e seguiu no seu ritmo, tendo chegado bastante cansado ao final.
O Montinium, cedo começou a andar para trás… e levou uma das maiores “tareias” ciclisticas da sua carreira de betetista.

Ainda houve tempo para confraternizar com o pessoal da Ecobike e da Sodhisa, que estiveram também presentes.

Para a posteridade ficam aqui alguns números:

Posição DORSAL Nome Tempo
1197º 2099 Montinium 4:24:15
790º 1064 Indiana Sugar 3:52:02
569º 1066 ZeNiGht 3:33:52

Total de classificados nos 3 Cumes: 1545.

Gráfico de altimetria:

Sobe e desce…

O track GPS gravado por mim deu 1142 metros de acumulado.

Track =====>>

Poucas fotos no , uma vez que só há um repórter.

E no 

Agora FUI!

Advertisements

Autor: ZeNiGhT

Equipe BTT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s