GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…

Santarém – Festival Bike, capital da bicicleta!

Deixe um comentário

Mais um relato de um evento onde tive a oportunidade de participar.

Desta vez foi em Santarém, para onde este fim de semana se deslocaram milhares largos de amantes das bicicletas.

Vista aérea do Festival Bike, e a chegada dos BTTistas...

Pela primeira vez em Santarém, dou por muito bem empregue a deslocação de mas de 200 km, pois realmente fiquei surpreendido pela grandeza dos eventos que por lá se realizam.

O Festival Bike tem números realmente arrasadores… participantes na Maratona BTT: cerca de 3 mil!!! total de participantes em todas as actividades desportivas relacionadas com a bicicleta: 7 mil !!! , e, em pleno ano de crise e de anúncio de tempos bem difíceis (não para todos, mas para a maior parte…), esperava a organização mais de 27 mil pessoas  a visitar o certame.

Números sem dúvida impressionantes e reveladores da popularidade que granjeia a bicicleta no nosso país.

Em paralelo, decorria também, na cidade de Santarém, na Casa do Campino, um festival de Gastronomia, que  não pude deixar de visitar… e aí também se encontravam milhares de pessoas a provar as iguarias que Portugal oferece, tudo com excelentes condições.

Gastronomia...

E, em jeito de conclusão, dizer que fiquei mesmo impressionado com a capacidade, condições  e qualidade que o município de Santarém demonstra para receber eventos de massas.

A jornada ao que me diz respeito, também foi muito positiva e intensa, pois pude estar à conversa com o Marco Chagas, esse grande ciclista português que se encontrava na sexta-feira, como eu a tratar de umas coisas no secretariado. Também tive oportunidade de travar conversa com o dono da Orbita, marca de bicicletas portuguesa, que segundo ele está em grande expansão no mercado externo, ao contrário do que se passa aqui por terras lusas, onde vai prevalecendo um complexo de inferioridade tipicamente tuga, onde apenas se tem olhos para o que vem de fora.

Partida da Meia

Pude participar na Maratona Festival Bike, prova que terminava a Taça de Portugal de XCM, no percurso mais pequeno, de perto de 50 km, organizada pela FullSport, que para mim desenvolveu um trabalho muito positivo, que se calhar teria sido perfeito, se não colocassem uma “FunZone” em moldes pouco funcionais na meia maratona.

Partida...

Como não faltava espaço, conseguiu-se colocar com facilidade 3 mil atletas, respectivos carros, e acompanhantes.

Partidas separadas, por 10 minutos, percursos separados, o pessoal da maratona tinha um, e o da meia tinha outro.

Abastecimento antes da partida, uma ideia muito interessante, pois era oferecido um gel e uma barra energética.

Percurso interessante, dividido em duas partes distintas, a primeira muito rápida, até se chegar a 3 km de areia…areia mesmo! tipo praia…! que deu para os 1600 betetistas se alongarem, até à tal “FunZone”, que se pretendia que fosse de espectáculo, mas que acabou por ser um espectáculo de ver centenas de “mitras” a atalhar caminho, a passar à frente do pessoal que estava engarrafado para passar uma pequena ponte improvisada…

A FunZone...

Como acabou por se juntar tudo outra vez… a segunda parte do percurso, que começava com um single track grande de 5 km de extensão, acabou por ser bem mais lenta do que seria em condições normais. Depois até ao final, acabou por correr tudo bem outra vez.

Banhos e almoço impecáveis, sem confusões, nem esperas, o que acabou por ser uma surpresa, atento o elevado n.º de participantes.

Classificação do “turista”:

Geral 831º de 1635 3:16:13
Categoria: Veteranos B/C 255º de 604 3:16:13

O sobe e desce:

Altimetria

Depois foi a visita ao paraíso das bicicletas… onde me fica na retina a KTM Myroon de 2012, muito parecida com a bela da minha BeOne de 2007. 😉

A mais desejada...

Em termos de multimedia, é que a coisa não correu nada bem, pois a maquina ficou em casa e o telelé ficou sem bateria em plena visita à exposição, tendo ficado com muito poucas fotos do espectacular acontecimento. 😦 O GPS desligou-se a 3 km da chegada, mas ainda fica o percurso gravado no:

Fotos no Feicebuki…. as possíveis…

Fica prometida nova visita em 2012!

Advertisements

Autor: ZeNiGhT

Equipe BTT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s