GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…

Do Alentejo… com atraso…!

Deixe um comentário

Boas.

Realmente com grande atraso, alinho em duas penadas mais uma crónica de uma participação num evento de BTT.

Por alturas da Primavera, pude visitar o Alentejo aquando da minha participação no SRP160, e fiquei na altura com “ganas” de ali puder voltar, para uma visita decente a uma lindíssima região deste Portugal. As “ganas” resultaram do binómio: espectacular paisagem/espectacular gastronomia/vinho…

Mesmo com a … da troika em permanente avaliação, foi possível agendar com grande antecedência uma estadia digna, de 5 dias, em terras alentejanas.
Como a bike já faz parte da bagagem, “calhou” que por aqueles dias (19/08) se realizava na Vidigueira, um evento de referência, e muito bem referenciado no BTT nacional: O 8º RAID “Trilhos de Baco”, (imperdível, só pelo nome … 😉 )

E lá chegado, à Vidigueira, pude ver montada uma excelente organização, capaz de receber sem qualquer stress mais 500 atletas, num ambiente bem descontraído, onde imperava a boa disposição e se aguardavam 39º de temperatura.

Pude ver também nomes bem sonantes do BTT nacional, como o Vitor Gamito, o Prof. Carlos Cabrita, (campeão nacional BTT em Vet C) ou o Hugo “Espigão” Carvalho, um verdadeiro papa-maratonas. (que acabou por vencer a maratona com 2h 34m… !!!)

Presente na cobertura mediática do evento estava a BTT-TV, que uma vez mais realizou mais um meritório serviço à modalidade que todos gostamos.

Fica aqui o video:

Gostei muito de novamente “rolar” por aquelas terras onde a palavra RAID se torna bem apropriada, pois a velocidade com que ali se consegue rolar, é realmente impressionante.

Raid terminado!

Até um “manco” como eu consegue rolar a 18 km/h de média durante 72 km, debaixo de 40º de temperatura… (classificações aqui)

Percurso sempre muito divertido, boa camaradagem entre os atletas, e mais um dia bem passado.

Não aproveitei o camping disponibilizado, mas gostei da ideia para futuros eventos, também não almocei, tendo escolhido um restaurante absolutamente imperdível numa localidade vizinha de Vidigueira, onde pude recuperar todas as calorias perdidas, e acrescentar mais umas tantas… tal a delicias dos petiscos ali apresentados… 😉

Voltarei lá certamente!

Gráfico de altimetria

As (poucas) fotos possíveis no

O meu registo

O percurso no .

FUI!

Advertisements

Autor: ZeNiGhT

Equipe BTT

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s