GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…

O Caminho de Santiago segundo Anita e Zenight – Etapa 3

BARCELOS – PONTE DE LIMA

Continuando o “diário de bordo” da viagem que começa a tornar-se mágica…

Esta etapa trazia como novidade o facto de ter que ser feita já com a mochila às costas, pois havia que pernoitar duas noites fora.

É na correcta escolha do que se vai transportar que reside parte do sucesso do peregrino, pois caminhar carregado com mais de 10% do peso do corpo, para além de custoso, torna a viagem muito penosa. Acabamos por levar umas coisitas a mais, tendo ficado a faltar umas fundamentais, como uma agulha, linha, e um canivete.

A agulha e a linha são de utilidade suprema para a eventualidade de bolhas nos pés, pois devem ser furadas e deixar-se lá ficar a linha durante umas horas, e após o mal estar associado desaparece, e permite continuar sem dores.

A jornada começou na alvorada do dia 10 de Junho, pelas 06:45, na estação de S.Bento, no Porto, de onde sairia o comboio que nos levaria a Barcelos.

Porto S.Bento

E logo aí se verificou que o fim de semana foi escolhido por centenas de betetistas para irem animar os Caminhos até Santiago, e foi impressionante o n.º de colegas do pedal com que nos cruzamos até Ponte de Lima.

Os betetistas…

A etapa prometia ser longa, pois cerca de 34 kms nos separavam de Ponte de Lima, e veio mesmo a tornar-se bastante cansativa, tendo chegado à Pousada da Juventude, já perto das 17 horas…

Pousada Juventude Ponte de Lima

Pelo Caminho vão-se intensificando as emoções que nos transmite a interiorização de uma viagem ao nosso interior. É aí nessa zona imaterial que realmente se viaja…

Os momentos de reflexão interior que se sucedem ao longo da jornada são um tesouro tão perto de alcançar…

Mas, não adiantam estas pieguices, pois são tão únicas e particulares, que apenas aqui gostaria de convidar quem possa ler estas linhas, a colocar os pés no Caminho, e poder experimentar novas perspectivas de olhar a vida, o mundo e os outros.

viagem…

Fica esta sendo uma etapa relativamente fácil de ultrapassar, residindo a dificuldade apenas na distância, os tais 34 kms.

Paisagens bonitas, com grandes extensões de milho que cresce a bom ritmo, e vinhas já com os seus bagos bem definidos.

Um mapa da etapa  AQUI…

Algumas fotos no meu “Feicebuki” ====>>

E segue a crónica… da ETAPA 4

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s