GandaM@lhos BTT

A glória não está em não cair…, mas sim em levantar-se sempre…


Deixe um comentário

Ciclismo para todos na ACB

Uma vez que este Inverno insiste em boicotar qualquer pretensão de saída de bicicleta, pode-se aproveitar e pensar naqueles processos mais burocráticos ligados ao ciclismo.

Estamos assim...

Estamos assim…

Um desses processos importantes tem que ver com o facto de se poder praticar o ciclismo federado.
O programa “ciclismo para todos”, da UVP/FPC tenta sensibilizar os praticantes da modalidade, para os riscos que a prática acarreta, seja na via pública,  em eventos oficiais, passeios, provas abertas e “granfondos”.

Ao ser atleta federado no programa “ciclismo para todos” está a aumentar a sua segurança e a dos outros.

A Associação de Ciclismo de Bragança, filada da UVP/FPC promove e agradece a inscrição de atletas neste programa.

Open Regional Maratonas XCM

Open Regional Maratonas XCM

A ACB, promove um conjunto de actividades ligadas ao ciclismo de enorme relevância, das quais posso destacar: o habitual Open Regional de Maratonas e Meias Maratonas ACB,  uma escola de BTT para jovens atletas, e a novidade deste ano, o Open Regional de estrada, a disputar por terras transmontanas.

Open Regional de Estrada

Open Regional de Estrada

A estas actividades acrescem ainda, em paralelo, os respectivos open regionais de merendas😉 , e a possibilidade de poder desfrutar de paisagens e percursos de espectacularidade ímpar, sempre acompanhados da simpatia natural daquelas gentes.

Petiscos de BTT no rio Angueira

Petiscos de BTT no rio Angueira

Toda a informação está no sítio oficial da ACB, muito bem documentada, e, de fácil acesso.

Não há que hesitar! Na ACB vou-me federar, para poder merendar!….🙂


Deixe um comentário

Centro de BTT – Ecopark Azibo

O EcoPark Azibo é um parque recente, localizado num espaço de excelência natural e diversificado no contexto da biodiversidade – o Azibo, concelho de Macedo de Cavaleiros.

Tendo como plano de fundo a Ribeira – Albufeira do Azibo, recentemente aclamada uma das 7 Maravilhas – Praias de Portugal, a sua génese assenta no conceito “Eco-Discovery”, proporcionando aos amantes da natureza e do turismo ativo, momentos de descoberta únicos em grupo ou em família.

Encontra-se em fase de estudo para fazer parte na rede nacional de centros de BTT.


Deixe um comentário

Ora então… FELIZ 2014!

Boas, caros leitores:

Chegados a 2014, e já após prolongada ausência (desde outubro…😦 ), por causa de uma enorme falta de motivação para escrever e pedalar, que veio fazendo o seu caminho e que espero mesmo que tenha emigrado para longinquas paragens. Prova disso é o facto de já ter conseguido fazer um arranjo  estético aqui ao site… Espero que agrade!

Ainda assim não deixei de pedalar, mas apenas o tenho feito esporadicamente ao fim de semana. Desde outubro passaram alguns meses, e fiquei-vos a dever umas cronicas. No entanto posso dizer que passeei por sitios bem interessantes:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Vinhais, corrida top, muito bem organizada. Estourei.

NGPS Maia, pelos Caça Mouros, 70 km de puro e muito duro btt.

Vimioso, no 1.º evento do Arre Burro BTT, que promete, e ainda por cima para se ganhar lastro para o Natal.

NGPS Gralheira, absolutamente de loucos… com neve, frio, chuva, em paisagens verdadeiramente deslumbrantes.

Partilho um video que merece ser visto, pois demonstra na perfeição a jornada. By Kunalama

Para este ano, se tudo correr bem, desejo fazer mais btt por tras os montes, algumas etapas no NGPS, e fazer a Maratona de Mortagua, da Taça de Portugal de XCM.

Vamos lá ver como correm as coisas….

Feliz 2004!


Deixe um comentário

Open ACB 2013…fechado em beleza, em Vilar do Monte!

Tive o privilégio de poder comparecer uma vez mais (3.ª) em Vilar do Monte para mais uma maratona organizada pela AJ Vimont.

O Open Regional de Maratonas organizado pela Associação de Ciclismo de Bragança, não podia ter desejado melhor final, pois a AJ Vimont não deixa nada ao acaso, e com a competência e experiência de 10 anos a organizar provas, o resultado só pode ser excelente.

BTT Ervedosa

BTT Ervedosa

Este ano, o percurso foi algo diferente dos anos anteriores, pois levou os atletas até às margens do belíssimo lago do Azibo, em Macedo de Cavaleiros, onde se pode desfrutar de momentos de rara beleza, resultantes da paisagem envolvente. Ainda assim, tendo-se evitado a subida à serra de Bornes, acabou por se conseguir um percurso bem interessante e equilibrado com + de 800 D+. (meia maratona) Os atletas da maratona, em melhor  forma, teriam que percorrer mais uns bons quilómetros de subida, o que lhes endurecia bastante a prova.

Referência também para a excelência na marcação do percurso, característica já habitual em terras transmontanas. Abastecimentos e almoço espectaculares, com bom vinho caseiro e tudo 5 estrelas.

José Ferro

José Ferro

O BTT Ervedosa participou com 3 atletas, podendo dizer-se que os resultados foram bastante positivos. O Ovidio Linhas fez 3.º lugar da geral, na maratona e 1.º de Master 30. O José Ferro, que não estava nos seus melhores dias, ainda assim acabou em 10.º da geral da meia maratona, e em 6.º lugar de Master 30. O zenight, até nem rolou mal de todo, mas ainda está longe do brilhantismo evidenciado pelos colegas. (35º da geral e 12º de Master 40)

Classificações: (Maratona) AQUI e (Meia Maratona) AQUI

Fim de Open

Fim de Open

Uma palavra aqui também para a Associação de Ciclismo de Bragança, que organiza, creio que há pelo menos 4 anos, um Open de Maratonas, aberto a todos os atletas ali federados, bem como federados noutras associações.

Com um leque de 7 etapas, dispersas geograficamente, de forma a cobrir diversas zonas do Nordeste transmontano, a ACB está a mostrar-se um precioso veiculo de propaganda da modalidade e do espírito de vida saudável a ela associado. Nestas 7 etapas disputam-se classificações nas diversas categorias de faixa etária. Também existe a opção de Meia Maratona, que é uma grande mais valia, e que torna acessível a atletas menos preparados a oportunidade de também competirem uns com os outros.

Jersey ACB

Jersey ACB

Pude participar em 3 dessas 7 etapas, e verifiquei sempre provas muito bem organizadas, muito bem marcadas, muito bem alimentadas,😉 sempre com pessoal muito simpático nas organizações, o que torna num verdadeiro prazer as deslocações que ali faço para pedalar. Notar também o interesse que o Open vai despertando nos nossos vizinhos espanhóis, que aqui se deslocam para competir e partilhar experiências.

Uma organização que deve ser premiada, e valorizada, para se ali tentar levar mais atletas a conhecer o que de muito bom se faz em termos de provas de BTT por terras transmontanas.

Agora, é treinar com afinco para o Campeonato Inter-regional de Maratonas XCM de Trás os Montes, que vai decorrer em Vinhais.

Não deixo aqui os habituais bonecos, pois estou sem computador.😦 Vai ficar para depois…


Deixe um comentário

De olho… em Caçarelhos…

Todos os dias tem os seus segredos…

No passado solarengo dia de domingo, em final de Verão, o leque de escolhas para o poder passar da melhor maneira, como sempre, era bem variado.

Houveram almas, que vou invejando, que se prostraram na quietude de movimentos,  e outras, que como eu se prostraram em movimentos na busca do sossego…

Na busca de tranquilidade espiritual, e, tendo sempre como veiculo principal as 2 rodas puxadas a pedal, foi-me lançado o desafio, pelo BTT Ervedosa,  de poder ir  conhecer uma nova realidade geográfica portuguesa; o planalto mirandês.

@ Planalto mirandês

@ Planalto mirandês…

Caçarelhos, ilustre desconhecida para mim, revelou-se um verdadeiro tesouro, e mais uma grande lição de vida que se vai aprendendo nestes locais onde a simplicidade de conceitos é tão grande e profunda que me surpreende a cada instante. E ali respira-se história, é uma espécie de museu ao ar livre

Coisas da Casa....

Coisas da Casa….

Para que se possa usufruir de tal tesouro com o conforto merecido existe a Casa de Caçarelhos, um equipamento hoteleiro de grande qualidade, que tratarei de reservar para o ano, mas deixo aqui uma pequena amostra.

Vai para 7 anos que alguém se lembrou das bicicletas naquele extremo da nacionalidade, onde ainda há pouco tempo se falava mirandês. As bicicletas são apenas mais um veiculo para alcançar fundos que contribuam para a execução da festa da aldeia. E a devoção é muito importante para aquelas gentes, e por força disso conseguem fazer com que quem lá vai se sinta recompensado.

Vou recordar a enorme simpatia daquelas gentes, o bem que sabem receber, um percurso de BTT muito divertido de fazer, rápido, mas em solo por vezes demolidor, para as maquinas e para os pneus…

Petiscos de BTT no rio Angueira

Petiscos de BTT no rio Angueira

Vou recordar o “reforço” alimentar que me fez tirar as luvas, o capacete, pegar uma mini, sentar na cavaqueira, e provar com toda a calma as iguarias oferecidas, alheira assada, chouriço, febras, etc. , e tudo isto, colocado num local paradisíaco.

Almoço veio dali...

O almoço veio dali…

Apenas, e isto não é bonito de dizer, que o meu olho foi vítima de um objecto não identificado… que me inibiu um pouco a visão durante estes dias….

Mas tentarei lá regressar para ver tudo ainda melhor!
Fui!

Os habituais bonecos:

Curvas suaves.

Curvas suaves.

O percurso  óptimo para a família… no .

O meu registo

Fotos no 

BIE…


Deixe um comentário

DÃO-se montes de boas pedaladas em Nelas…

BTT Ervedosa de novo de regresso a uma prova organizada, desta vez em Nelas, Viseu, para a VI Maratona do Dão. Prova que estava debaixo de olho há alguns anos, a aguardar concretização.

Expectativas altas, que foram superadas em dobro, pois deparei com uma organização irrepreensível, e com um percurso a todos os títulos espectacular.

Descendo...

Descendo…

Cada vez mais me convenço de que o segredo da boa organização de provas de btt é o quanto os organizadores gostam de andar de bicicleta. Quanto mais esta paixão se manifesta, maior e melhor é o resultado. Não sei quantos elementos tem o BTT Dão Nelas, mas conseguiram recrutar um grande conjunto de pessoas entusiastas para organizar uma prova absolutamente espectacular. Espero que mantenham esta paixão, e consigam continuar a proporcionar esta diversão aos atletas que os visitam.

Conseguiram também fazer um percurso muito equilibrado, com descidas valentes, singletracks desafiantes, reforços completos, e subidas abafantes…boas instalações para banhos e almoço, com cerveja de pressão e vinho do Dão (branco e tinto) fresquinho, à descrição… um verdadeiro achado nestes dias que correm… e que bem mereceu os 300 km de deslocação. Uma palavra também para a marcação, absolutamente impecável, ao nível do BTT de Ervedosa!😉 Placas divertidas, sempre com a antecedência necessária, e cal no chão, que não permitiam qualquer erro. Também gostei do pormenor do pequeno cartão fornecido com a localização GPS dos reforços, dos 1.ºs socorros e da sinalização. Muito bom mesmo!

Sai da frente...

Sai da frente…

Ainda não provei nem a chouriça nem a garrafa de vinho, que ofereceram, mas logo informarei…

A única coisa que não gostei foi o facto de ainda não ter pernas para andar os 70 kms da Maratona, pois assim acrescentaria mais algum tempo de intenso prazer às 3 horas e 7 minutos, que demorei a completar a Meia Maratona…😉 Para o ano, fica prometido!

Classificações AQUI.

A perspectiva era a de rolar o que conseguisse, em mato de forma a tentar recuperar o andamento que já tive, por alturas do ano que passou, e que perdi por falta de treino, e por aumento excessivo de peso. Há uns mesitos atrás já tinha recuperado o meu famoso Camelback da frente…😦 Agora, mais leve, e com a média conseguida de 15 km/h, com boas sensações, fico mais animado…

Fim de festa! com Red Bull...

Fim de festa! com Red Bull…

Sempre com a presença da directora desportiva nas ZA’s , que, assim vai acompanhando sempre com grande tranquilidade as provas, tornando-se uma mais valia espectacular para os eventos que se avizinham.

Dormi muito bem instalado, e comi muito bem em Nelas, numa €scapadinha que infelizmente vai sendo cada mais difícil de concretizar, mas fica a boa sensação e a memória de mais um fim de semana muito bem passado.

Os bonecos do costume:

Sobe e desce...

Sobe e desce…

O percurso  óptimo para a família… no .

O meu registo

Fotos no 

BIE…


Deixe um comentário

Happy Hour’s …

Hoje, o relato é diferente. Happy Hour (Hora Feliz) é uma empresa de transporte de crianças…e não só (!!!)…  inovadora, irreverente, e propriedade de um amigo meu, que entre outras coisas, gosta muito disto das bicicletas.

1237053_621366217908152_1882766145_n

Ponto de partida…

Se melhor imaginou, melhor colocou no terreno uma abordagem diferente na pratica do BTT.
O conceito passa pelo transporte dos atletas de carro até ao lugar das hostilidades, e regresso também ele de carro, até ao ponto de partida. As bikes vão aconchegadinhas noutra viatura…

O roteiro previsto, incluía um percurso de BTT relativamente pequeno, mas agreste, até Ponte de Lima, para se comer qualquer coisita…porque pedalar cansa… e que melhor que a Tasca das Fodinhas para restabelecer as energias…?

Na Tasca das Fodinhas...

Na Tasca das Fodinhas…

Depois era suposto, “Pedalar pelo Sarrabulho”, iguaria daquela zona, em terreno mais macio, de regresso ao ponto de chegada, e onde se podia tomar banho no rio ou num chuveiro quente.

Luta ao rubro... ;-)

Luta ao rubro…😉 numa meta volante…

Rapidamente, se ficou com a barriga encostada à mesa, e quase que se esgotou o stock de “panaché” do restaurante escolhido…, e, acho que se passou mais tempo a comer e a beber do que propriamente a pedalar…

Acabou por ser um convívio espectacular de 17 atletas que pretenderam passar um dia diferente. O grupo de BTT Gaia Bikers estava em clara maioria, mostrando-se os seus elementos, sempre bem dispostos, animados e divertidos. Presentes também 2 Ecobikers.

A viagem de regresso foi ainda mais animada, ao som de música infantil… do tipo … “atirei o pau ao gato…”, ou “ah ah ah minha machadinha…” , enfim maluqueira completa, ou como diz o meu amigo Couto: “não há condições!!!”

Fica o gráfico do sobe… e o track para quem se quiser inspirar nesta aventura!

O percurso  óptimo para a família… no .

Subida...

Subida…

Há muitas fotos no Facebook, que vou tentar juntar e, Muitas fotos dos GaiaBikers… AQUI!